16.7.11

QUANDO UM COMENTÁRIO VIRA POST



Este poema, foi-me deixado em jeito de comentário num dos meus outros blogues. Porque se trata de um poema de uma autora de que gosto muito, e que talvez quem me visita aqui no Sexta não conheça, aqui o deixo. Desculpem a foto, eu sei que não é uma gaivota, mas na net  não encontrei nenhuma.




Se eu fosse

Se eu fosse gaivota branca
E pudesse voar
Poisaria na torre mais alta
Para te ver despertar.
E num rodopiar
Suave, terno e manso
Te diria:
- Acorda, que já é dia!
Vem ver o sol a nascer
E as crianças a correr.

Se eu fosse gaivota branca
E pudesse voar
Poisaria em ti criança
Para te ver despertar
E com bicadinhas de ternura
Te diria:
- salta da cama,
Abre a janela de par em par, Pula escada fora
E vai para a rua brincar!

Se eu fosse gaivota branca
E pudesse voar
Poisaria em ti velhinho
Quando estás a ver passar.
E com largo abraço
Te diria:
- Olha este azul do céu
Esta imensidão do mar
Que foi sempre o teu olhar.
O dia não escureceu, 
Agarra-te à vida
Que este dia ainda é teu.

Se eu fosse gaivota branca
E pudesse voar
Estaria sempre conTigo
Aqui ou em qualquer lugar.

Maria José Areal in Pedaços de Mim

2.7.11

MONUMENTO AO FUZILEIRO

Resta-me dizer que este monumento está situado na rotunda da Avenida Escola dos Fuzileiros, que liga a escola dos ditos em Vale de Zebro à cidade do Barreiro. Esta rotunda recebeu o nome de Praça do Fuzileiro.
Mais apesar de inaugurado hoje o monumento ainda não está totalmente pronto, já que falta a colocação de 5 pedras, ligadas por amarras de navios. Estas pedras significarão os 5 continentes e as amarras a importância dos oceanos para a sustentabilidade da terra.
O Monumento é de autoria de Tolentino Lagos, o mesmo autor do Monumento de S. Gonçalo de Lagos, colocado por cima da praia da Batata ou Formosa em Lagos.
Foi mandado erigir para comemorar os 50 anos da Escola dos Fuzileiros, e nasceu de uma parceria de Câmara Municipal e da Associação dos Fuzileiros.
O custo do Monumento foi suportado pela Associação e os arranjos da zona envolvente serão da responsabilidade da autarquia.